Cadastro Emergencial

Data: 12/06/2018 – LISTA DE CLASSIFICADOS DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO MÊS DE JUNHO 2018

LISTA DE CLASSIFICADOS DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO MÊS DE JUNHO 2018

Nesta lista estão classificados os candidatos à contratação conforme edital publicado em DOE de 06-06-2018, seção I – p. 95

Os inscritos para o Cadastro Emergencial em Educação Especial na área solicitada no edital deverão aguardar publicação a ser realizada em 16-06-2018 em razão da análise da documentação apresentada no momento da inscrição.

GEOGRAFIA

Habilitados para Geografia:

1º DREICH LEANDRO CHAPETTA RG 25.252.019-1

2º VERA LUCIA ALVES DA SILVA SIQUEIRA RG 18.145.891-3

3º MARCELO ANTONIO DE OLIVEIRA RG 3706867

4º INES SANT”ANNA RG 22.000.829-2

5º JAQUES GRACIOLLI BARROSO RG 23.925.341-3

6º REGINALDO DE SOUZA SILVA RG 24.612.600-0

7º DANIELE DIAS BENICIO PORTILIO RG 28.200.794-5

8º JOSÉ CARLOS CONCEIÇÃO JUNIOR RG 28.165.721-X

9º CARLOS ROBERTO DE LIMA RG 28.620.225-6

10º REGINALDO JOÃO DE LIMA RG 32.973.034-4

11º MICHAEL FERNANDES FERREIRA RG 41.834.671-9

12º DANILO NALON FERREIRA RG 44.984.921-1

13ºMIRIAM FERREIRA DA SILVA RG 17.594.289-4

Qualificados para Geografia:

Licenciatura Plena outra disciplina

1º MARISTELA ALVES  VAZ RG 18.327.944-x

Aluno de Último Ano:

1º MARCIA GAITAROSA DANTAS MIUCCI RG 34.555.955-1

2º RENATA DOS SANTOS MACEDO RG 33.681.622-4

3º LILIAN DE CARVALHO NASCIMENTO RG 41.486.852-3

 

 

_______________________________________________________________________

Data: 05/06/2018

EDITAL DE ABERTURA DE CADASTRO EMERGENCIAL

NA DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO CARAPICUÍBA / junho de 2018

 

O Dirigente Regional de Ensino torna aberta as inscrições para o cadastro emergencial na Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba PARA PEB-II, nos termos da Resolução SE 72/2016 alterada pela Resolução SE 66/2017, Resolução, de 26-12-2016 e Deliberação CEE 157/2016.

I – Das  disciplinas:

  1. GEOGRAFIA
  2. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL (DV)
  3. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA FÍSICA (DF)
  4. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA INTELECTUAL (DI)
  5. EDUCAÇÃO ESPECIAL – TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA)
  6. LIBRAS – Interlocutor

II– Das condições:

O candidato interessado deverá ter disponibilidade para início imediato, conforme saldo de classe a ser disponibilizado e publicado para atribuição informado no SITE decarapicuiba.educacao.sp.gov.br;

III – Da formação conforme Indicação CEE 157/16:

EDUCAÇÃO ESPECIAL: os portadores de diploma de:

Habilitados na área de Deficiência Física (DF);

Habilitados na área de Deficiência Física (DI)

     e Habilitados na área da Deficiência Visual (DV):

  1. a) Licenciatura em Educação Especial (Parecer CEE 65/2015);
  2. b) Licenciatura em Pedagogia, com habilitação específica na área de DV; DF; DI TEA;
  3. c) Mestrado ou Doutorado na área de especialidade de DV ou DF, com prévia formação docente;
  4. d) Licenciatura em Pedagogia ou Curso Normal Superior, com curso de especialização na área de DV  DF, DI e TEA realizado nos termos da Deliberação CEE 112/12;
  5. e) qualquer Licenciatura, com curso de especialização na área da especialidade de DV, DF, DI E TEA realizado nos termos da Deliberação CEE 112/12.

Deliberação CEE 112/12 para ciência deste edital:

Art. 3º – Os Cursos de Especialização em Educação Especial, de que trata esta Deliberação, terão carga horária mínima de 600 horas, das quais 500h dedicadas a atividades teóricas e/ou teórico-práticas presenciais e 100h a estágio supervisionado. § 1º – as atividades acadêmicas deverão abranger apenas uma das áreas de atuação dos profissionais da educação especial, sendo a carga horária distribuídas como segue: I – tronco comum de formação básica de 200 horas, compreendendo os fundamentos filosóficos, pedagógicos e científicos da educação inclusiva e especial, bem como a inserção da formação na perspectiva histórico-social brasileira; II – parte diversificada de, no mínimo, 300 horas, dedicadas ao conhecimento e prática dos processos técnico-metodológicos relacionados à educação de pessoas com necessidades especiais em uma das seguintes áreas: deficiência intelectual, visual, auditiva, física, ou transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades. § 2º – No caso de realização de especialização abordando outra deficiência, o discente fica dispensado de cursar os conteúdos do tronco comum. § 3º – O estágio supervisionado será realizado na área específica da terminalidade escolhida pelo aluno (ou oferecida pelo curso), de conformidade com projeto próprio que deverá integrar o projeto pedagógico do curso e com bibliografia geral e complementar com títulos que contemplem a área de necessidade especial a ser abrangida pelo curso. § 4º – Será conferido um certificado de Curso de Especialização para cada área de Educação Especial que o discente integralizar

 

Autorizados a lecionar na área da Deficiência Física, na área da Deficiência Visual, na área da deficiência intelectual e na área de transtorno do espectro autista:

  1. a) os portadores de diploma de Licenciatura em Pedagogia ou Curso Normal Superior com certificado de Especialização, em cursos realizados nos termos da Deliberação CEE 94/2009;
  2. b) os portadores de diploma de Licenciatura em Pedagogia com certificado de Especialização, Aperfeiçoamento ou Atualização, autorizado pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo), na área da necessidade (solicitada no presente edital) , em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009;
  3. c) os portadores de Curso Normal Superior ou Programa Especial de Formação Pedagógica Superior (Del. CEE 12/2001), qualquer que seja a nomenclatura adotada pelo Programa, com Habilitação Específica ou certificado de curso de Especialização, Aperfeiçoamento ou Atualização autorizada pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo), na área da necessidade (solicitada no presente edital), em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009;
  4. d) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura, com curso de Especialização realizados nos termos da Deliberação CEE 94/2009;
  5. e) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos de Especialização na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visualna área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista, todos com 360 horas no mínimo;
  6. f) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos de Especialização, Aperfeiçoamento, Extensão, Treinamento/Atualização na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visualna área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista, todos com carga horária de 180 horas no mínimo;
  7. g) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visualna área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista , fornecidos pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo) da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009:

Deliberação 94/2009 para ciência deste edital:

Art. 3o – Os Cursos de Especialização em Educação Especial (área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visualna área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista) de que trata esta Deliberação, terão carga horária mínima de 600 horas – a serem oferecidas durante um ano letivo – das quais 500 h dedicadas a atividades teóricas e/ou teórico – práticas e 100h a estágio supervisionado. § 1°- as atividades acadêmicas poderão abranger uma ou mais áreas de atuação dos profissionais da educação especial, sendo a carga horária distribuída como segue: I – tronco comum de formação básica de 200 horas, compreendendo os fundamentos filosóficos, pedagógicos e científicos da educação inclusiva e especial, bem como a inserção da formação na perspectiva histórico-social brasileira; II – parte diversificada de, no mínimo, 300 horas, dedicadas ao conhecimento e prática dos processos técnico-metodológicos relacionados à educação de crianças com necessidades especiais, em apenas uma das áreas abrangidas pelo curso (deficiências – intelectual, visual, auditiva, física – transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades). § 2º No caso de realização de outra especialização, o estudante fica dispensado de cursar os conteúdos do tronco comum. § 3°- O estágio supervisionado será realizado na área específica da terminalidade escolhida pelo aluno (ou oferecida pelo curso), de conformidade com projeto próprio que deverá integrar o projeto pedagógico do curso. § 4° – Será conferido um certificado de Curso de Especialização para cada área de Educação Especial que o aluno integralizar.

 

LIBRAS:

  1. a) os portadores de diploma de Licenciatura em Letras, com Habilitação em Libras para área da Deficiência Auditiva;
  2. c) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura, com certificado de proficiência em Libras, para a área de Deficiência Auditiva, com apresentação de documentos comprobatórios de 120 horas no mínimo.

 

GEOGRAFIA: os portadores de diploma de:

  1. a) Licenciatura em Geografia
  2. b) Licenciatura em Estudos Sociais, com Habilitação em Geografia;
  3. c) Licenciatura em Ciências Sociais, com Habilitação em Geografia;
  4. d) Licenciatura em História, com Habilitação em Geografia.

Autorizados a lecionar:

  1. a) os portadores de diploma de Licenciatura em Ciências Sociais;
  2. b) os portadores de diploma de Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental
  3. c) os alunos de último ano de curso de Licenciatura em Geografia;
  4. d) os alunos de último ano de curso de Licenciatura em Geociências e Educação Ambiental.

 

 

IV – Da prazo e local da inscrição:

Na sede da Diretoria de Ensino, localizada à Rua Bom Jesus do Amparo, nº  02, COHAB V – Carapicuiba – SP.

Data: 04 a 08 de junho de 2018.

A inscrição será realizada diretamente na sede da Diretoria de Ensino na sala do Plantão da Supervisão, nos dias 04 a 08 de junho de 2018, das 09h00 às 12h00 e das 13h às 16h00.

V – Da documentação:

1-Originais e Cópia do Diploma e Histórico;

2-Originais e Cópia do Certificado na área da necessidade especial.

3-Requerimento de inscrição (em anexo) devidamente preenchido e assinado pelo docente.

4- Originais e Cópia do RG e CPF (não será admitida a CNH por não conter todas as informações necessárias ao sistema de cadastro)

Atestado de Tempo de serviço no magistério público estadual – SEE – de São Paulo (se houver), a não apresentação do ATS implicará em contagem de tempo igual a zero para fins de classificação.

VI-  Das etapas:

A inscrição deverá ser realizada na sede da  Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba na conformidade expressa neste edital juntamente com a documentação solicitada para cada situação em que se encontre o docente.

O requerimento (em anexo) devidamente preenchido e assinado deverá ser juntado aos documentos exigidos e entregues na Diretoria de Ensino localizada à Rua Bom Jesus do Amparo, nº 02, COHAB V – Carapicuiba – SP, no ato da inscrição, diretamente na sala do Plantão da Supervisão (térreo).

A Classificação será publicada no SITE da Diretoria de Ensino de Carapicuíba no dia 12 de junho de 2018.

O recurso poderá ser interposto no prazo de 02 (dois) dias a contar da publicação da classificação no SITE.

Após a publicação final pós recurso prevista para o dia 14 de junho de 2018, o docente deverá participar das sessões de atribuição seguintes realizadas na sede da DE.

VII – Das disposições finais:

A inscrição realizada não implica em atendimento na respectiva unidade escolar onde o docente tenha sede de frequência, pois o docente cuja inscrição for deferida estará concorrendo ao saldo de classes em nível de Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba, com abertura de contrato na categoria “O”.

Não haverá juntada de documentos após o recebimento da inscrição mesmo que integrar objeto de interposição de recurso do resultado ou forma de inscrição.

Ao inscrever-se o candidato aceita os dispositivos constantes deste edital. Não serão aceitas inscrições que não atendam aos critérios exigidos neste edital.

Este edital entrará em vigor na data da sua publicação e poderá ser alterado conforme legislações vigentes que impliquem em determinações das instâncias superiores ou necessidade de prorrogação dos prazos por parte da Diretoria de Ensino.

Edital retificado.

_________________________________________________________________

Edital de Cadastramento em outra DE

O Dirigente Regional de Ensino da Diretoria de Ensino de Carapicuíba, em atendimento às disposições da Resolução SE 72/2016, torna pública a abertura  de Cadastro em outra Diretoria de Ensino aos  docentes já inscritos no GDAE para o processo de Atribuição de classes/aulas 2018 e interessados em atuar nas Escolas Estaduais jurisdicionados a Diretoria de Ensino Região Carapicuíba, na seguinte conformidade:

I – Da inscrição:

1) Datas, horários e locais:

Dias: 10/05/2018 a 14/05/2018

Locais: no site do GDAE através do portal http://drhunet.edunet.sp.gov.br/portalnet/

II – Dos requisitos:​​

  • 1º do artigo 26 da Res SE 72/2016 – Os docentes inscritos poderão se cadastrar em outras Diretorias de Ensino de seu interesse, observado o campo de atuação, sendo que, tratando-se de titular de cargo, o cadastramento dar-se-á apenas para atribuição de carga suplementar de trabalho.

III – Das disciplinas:

  1. a) EDUCACAO EXCLUSIVA DEFICIENCIA VISUAL
  2. b) EDUCACAO EXCLUSIVA DEFICIENCIA FÍSICA
  3. c) ARTE
  4. d) GEOGRAFIA
  5. e) LIBRAS

_______________________________________________________________________

EDITAL DE ABERTURA DE CADASTRO EMERGENCIAL

NA DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO CARAPICUÍBA / 2º quinzena de junho de 2018

O Dirigente Regional de Ensino torna aberta as inscrições para o cadastro emergencial na Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba PARA PEB-II, nos termos da Resolução SE 72/2016 alterada pela Resolução SE 66/2017, Resolução, de 26-12-2016 e Deliberação CEE 157/2016.

I – Das  disciplinas:

  1. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA VISUAL (DV)
  2. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA FÍSICA (DF)
  3. EDUCAÇÃO ESPECIAL – DEFICIÊNCIA INTELECTUAL (DI)
  4. EDUCAÇÃO ESPECIAL – TRANSTORNO DO ESPECTRO AUTISTA (TEA)
  5. LIBRAS – Interlocutor

II– Das condições:

O candidato interessado deverá ter disponibilidade para início imediato, conforme saldo de classe a ser disponibilizado e publicado para atribuição informado no SITE decarapicuiba.educacao.sp.gov.br;

III – Da formação conforme Indicação CEE 157/16:

EDUCAÇÃO ESPECIAL: os portadores de diploma de:

Habilitados na área de Deficiência Física (DF);

Habilitados na área de Deficiência Física (DI)

Habilitados na área doTranstorno do Espectro Autista (TEA)

     e Habilitados na área da Deficiência Visual (DV):

  1. a) Licenciatura em Educação Especial (Parecer CEE 65/2015);
  2. b) Licenciatura em Pedagogia, com habilitação específica na área de DV; DF; DI TEA;
  3. c) Mestrado ou Doutorado na área de especialidade de DV ou DF, com prévia formação docente;
  4. d) Licenciatura em Pedagogia ou Curso Normal Superior, com curso de especialização na área de DV  DF, DI e TEA realizado nos termos da Deliberação CEE 112/12;
  5. e) qualquer Licenciatura, com curso de especialização na área da especialidade de DV, DF, DI E TEA realizado nos termos da Deliberação CEE 112/12.

Deliberação CEE 112/12 para ciência das exigências deste edital:

Art. 3º – Os Cursos de Especialização em Educação Especial, de que trata esta Deliberação, terão carga horária mínima de 600 horas, das quais 500h dedicadas a atividades teóricas e/ou teórico-práticas presenciais e 100h a estágio supervisionado. § 1º – as atividades acadêmicas deverão abranger apenas uma das áreas de atuação dos profissionais da educação especial, sendo a carga horária distribuídas como segue: I – tronco comum de formação básica de 200 horas, compreendendo os fundamentos filosóficos, pedagógicos e científicos da educação inclusiva e especial, bem como a inserção da formação na perspectiva histórico-social brasileira; II – parte diversificada de, no mínimo, 300 horas, dedicadas ao conhecimento e prática dos processos técnico-metodológicos relacionados à educação de pessoas com necessidades especiais em uma das seguintes áreas: deficiência intelectual, visual, auditiva, física, ou transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades. § 2º – No caso de realização de especialização abordando outra deficiência, o discente fica dispensado de cursar os conteúdos do tronco comum. § 3º – O estágio supervisionado será realizado na área específica da terminalidade escolhida pelo aluno (ou oferecida pelo curso), de conformidade com projeto próprio que deverá integrar o projeto pedagógico do curso e com bibliografia geral e complementar com títulos que contemplem a área de necessidade especial a ser abrangida pelo curso. § 4º – Será conferido um certificado de Curso de Especialização para cada área de Educação Especial que o discente integralizar

Autorizados a lecionar na área da Deficiência Física, na área da Deficiência Visual, na área da deficiência intelectual e na área de transtorno do espectro autista:

  1. a) os portadores de diploma de Licenciatura em Pedagogia ou Curso Normal Superior com certificado de Especialização, em cursos realizados nos termos da Deliberação CEE 94/2009;
  2. b) os portadores de diploma de Licenciatura em Pedagogia com certificado de Especialização, Aperfeiçoamento ou Atualização, autorizado pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo), na área da necessidade (solicitada no presente edital) , em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009;
  3. c) os portadores de Curso Normal Superior ou Programa Especial de Formação Pedagógica Superior (Del. CEE 12/2001), qualquer que seja a nomenclatura adotada pelo Programa, com Habilitação Específica ou certificado de curso de Especialização, Aperfeiçoamento ou Atualização autorizada pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo), na área da necessidade (solicitada no presente edital), em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009;
  4. d) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura, com curso de Especialização realizados nos termos da Deliberação CEE 94/2009;
  5. e) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos de Especialização na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visual, na área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista, todos com 360 horas no mínimo;
  6. f) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos de Especialização, Aperfeiçoamento, Extensão, Treinamento/Atualização na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visual, na área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista, todos com carga horária de 180 horas no mínimo;
  7. g) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura e com certificado de cursos na área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visual, na área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista , fornecidos pela CENP (órgão extinto da Secretaria de Estado da Educação de São Paulo) da Secretaria da Educação do Estado de São Paulo, em cursos iniciados antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009:

Deliberação 94/2009 para ciência das exigências deste edital:

Art. 3o – Os Cursos de Especialização em Educação Especial (área de especialidade da deficiência física, na área da deficiência visual, na área da deficiência intelectual e na área do transtorno do espectro autista) de que trata esta Deliberação, terão carga horária mínima de 600 horas – a serem oferecidas durante um ano letivo – das quais 500 h dedicadas a atividades teóricas e/ou teórico – práticas e 100h a estágio supervisionado. § 1°- as atividades acadêmicas poderão abranger uma ou mais áreas de atuação dos profissionais da educação especial, sendo a carga horária distribuída como segue: I – tronco comum de formação básica de 200 horas, compreendendo os fundamentos filosóficos, pedagógicos e científicos da educação inclusiva e especial, bem como a inserção da formação na perspectiva histórico-social brasileira; II – parte diversificada de, no mínimo, 300 horas, dedicadas ao conhecimento e prática dos processos técnico-metodológicos relacionados à educação de crianças com necessidades especiais, em apenas uma das áreas abrangidas pelo curso (deficiências – intelectual, visual, auditiva, física – transtornos globais do desenvolvimento, altas habilidades). § 2º No caso de realização de outra especialização, o estudante fica dispensado de cursar os conteúdos do tronco comum. § 3°- O estágio supervisionado será realizado na área específica da terminalidade escolhida pelo aluno (ou oferecida pelo curso), de conformidade com projeto próprio que deverá integrar o projeto pedagógico do curso. § 4° – Será conferido um certificado de Curso de Especialização para cada área de Educação Especial que o aluno integralizar.

LIBRAS:

  1. a) os portadores de diploma de Licenciatura em Letras, com Habilitação em Libras para área da Deficiência Auditiva;
  2. c) os portadores de diploma de qualquer Licenciatura, com certificado de proficiência em Libras, para a área de Deficiência Auditiva, com apresentação de documentos comprobatórios de 120 horas no mínimo.

IV – Da prazo e local da inscrição:

Na sede da Diretoria de Ensino, localizada à Rua Bom Jesus do Amparo, nº  02, COHAB V – Carapicuiba – SP.

Data: 18 e 19 de junho de 2018.

A inscrição será realizada diretamente na sede da Diretoria de Ensino na sala do Plantão da Supervisão, nos dias 18 e 19 de junho de 2018, das 09h00 às 12h00 e das 13h às 16h00.

V – Da documentação:

1-Originais e Cópia do Diploma e Histórico;

2-Originais e Cópia do Certificado na área da necessidade especial.

3-Requerimento de inscrição (em anexo) devidamente preenchido e assinado pelo docente.

4- Originais e Cópia do RG e CPF (não será admitida a CNH por não conter todas as informações necessárias ao sistema de cadastro)

Atestado de Tempo de serviço no magistério público estadual – SEE – de São Paulo (se houver), a não apresentação do ATS implicará em contagem de tempo igual a zero para fins de classificação.

VI-  Das etapas:

A inscrição deverá ser realizada na sede da  Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba na conformidade expressa neste edital juntamente com a documentação solicitada para cada situação em que se encontre o docente.

O requerimento (em anexo) devidamente preenchido e assinado deverá ser juntado aos documentos exigidos e entregues na Diretoria de Ensino localizada à Rua Bom Jesus do Amparo, nº 02, COHAB V – Carapicuiba – SP, no ato da inscrição, diretamente na sala do Plantão da Supervisão (térreo).

A Classificação será publicada no SITE da Diretoria de Ensino de Carapicuíba no dia 20 de junho de 2018.

O recurso poderá ser interposto no prazo de 01 (um) dia a contar da publicação da classificação no SITE.

Após a publicação prevista para o dia 21 de junho de 2018, o docente deverá participar das sessões de atribuição seguintes realizadas na sede da DE.

VII – Das disposições finais:

A inscrição realizada não implica em atendimento na respectiva unidade escolar onde o docente tenha sede de frequência, pois o docente cuja inscrição for deferida estará concorrendo ao saldo de classes em nível de Diretoria de Ensino Região de Carapicuíba, com abertura de contrato na categoria “O”.

Não haverá juntada de documentos após o recebimento da inscrição mesmo que integrar objeto de interposição de recurso do resultado ou forma de inscrição.

Ao inscrever-se o candidato aceita os dispositivos constantes deste edital. Não serão aceitas inscrições que não atendam aos critérios exigidos neste edital.

Este edital entrará em vigor na data da sua publicação e poderá ser alterado conforme legislações vigentes que impliquem em determinações das instâncias superiores ou necessidade de prorrogação dos prazos por parte da Diretoria de Ensino.

_______________________________________________________________________

LISTA DOS CANDIDATOS DO CADASTRO EMERGENCIAL
NA DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO CARAPICUÍBA / junho de 2018
EDUCAÇÃO ESPECIAL NA ÁREA DA NECESSIDADE e LIBRAS CONFORME EDITAL PUBLICADO EM DOE DE 06-06-2018 E RESOLUÇÃO SE 68/17 E INDICAÇÃO CEE 157/2016.
Artigo 19 – Para atuar no Atendimento Educacional Especializado- AEE, sob a forma de Sala de Recursos, na modalidade itinerante ou de CRPE, o docente deverá ter formação na área da deficiência, do transtorno do espectro autista, das altas habilidades ou superdotação, cujas aulas serão atribuídas de acordo com a legislação que disciplina o processo anual de atribuição de classes e aulas, desde que devidamente inscrito e classificado, na seguinte conformidade:
I – licenciatura Plena em Educação Especial, conforme disposto no Parecer CEE 65/2015: NÃO HÁ CANDIDATOS INSCRITOS.

II – licenciatura Plena em Pedagogia, com habilitação específica na área da necessidade:
1º CLAUDIA ALEXANDRA VAZ ZWEIBRUK RG 41.231.342-X. na área da Deficiência Intelectual.

III – outras licenciaturas – Plena, com pós-graduação stricto sensu, Mestrado ou Doutorado, na área da necessidade especial: NÃO HÁ CANDIDATOS INSCRITOS.

IV – Licenciatura Plena em Pedagogia ou Curso Normal Superior, com curso de Especialização na área de necessidade, realizado nos termos da Deliberação CEE 112/2012:2º ALEANDRA CONCEIÇÃO RIBEIRO RG 35.330.410-4 na área Deficiência Intelectual ( Curso aprovado CEE/SP processo 162/2010, publicado em DOE de 10/02/2011).

V – qualquer Licenciatura Plena, com curso de Especialização realizado nos termos da Deliberação CEE 112/2012: NÃO HÁ CANDIDATOS INSCRITOS.

Parágrafo único – Somente após esgotadas todas as possibilidades de atribuição de classes e aulas da Educação Especial aos detentores das formações acadêmicas, a que se referem os incisos deste artigo, as classes e as aulas remanescentes poderão, com base em qualificações docentes, ser atribuídas na seguinte ordem de prioridade a:
1. portadores de diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia ou de Curso Normal Superior, com certificado de curso de Especialização realizado nos termos da Deliberação CEE 94/2009: NÃO HÁ INSCRITOS.

2. portadores de diploma de Licenciatura Plena em Pedagogia, com certificado de curso de Especialização, de Aperfeiçoamento ou de Atualização, na área da necessidade, expedido pela CENP (órgão extinto da Secretaria da Educação) e iniciado antes da vigência da Deliberação CEE94/2009: NÃO HÁ INSCRITOS.

3. portadores de diploma de Curso Normal Superior ou de certificado do Programa Especial de Formação Pedagógica Superior (Deliberação CEE 12/2001), qualquer que seja a denominação do Programa, com Habilitação Específica na área da necessidade, ou com certificado de curso de Especialização, de Aperfeiçoamento ou de Atualização, na área da necessidade, autorizado pela CENP (órgão extinto da Secretaria da Educação) e iniciado antes da vigência da Deliberação CEE 94/2009: NÃO HÁ INSCRITOS.

4. portadores de diploma de qualquer Licenciatura Plena, com certificado de curso de Especialização realizado nos termos da Deliberação CEE 94/2009: NÃO HÁ INSCRITOS.

5. portadores de diploma de qualquer Licenciatura Plena, com certificado de curso de Especialização na área da necessidade, com carga horária mínima de 360 (trezentas e sessenta) horas:
3º EDNA APARECIDA DOS SANTOS BACCALÁ RG 16.494.911-2 – na área Deficiência Intelectual

6. portadores de diploma de qualquer Licenciatura Plena, com certificado de curso de Especialização, Aperfeiçoamento, de Extensão ou de Treinamento/Atualização, na área da necessidade, com carga horária mínima de 180 (cento e oitenta) horas :
4º JOELMA FERREIRA BRANDÃO RG 21.955.626-X – na área Deficiências Múltiplas e na área Deficiência Visual (DV)

Classificados para LIBRAS

7. diploma ou certificado de curso de licenciatura em “Letras -LIBRAS”: NÃO HÁ INSCRITOS.

8.certificado de habilitação ou especialização em Deficiência Auditiva/ Audiocomunicação com carga horária mínima de 120 (cento e vinte) horas em LIBRAS:
1º EDNA DA SILVA RG 5.246.161-0 para interlocutor de LIBRAS

09. diploma de curso de licenciatura acompanhado de certificado de proficiência em LIBRAS, com carga horária mínima de 120 (cento e vinte) horas:
2º ALMRINDA ALVES DE AZEVEDO SANTOS RG 24.645.062-9 para interlocutor de LIBRAS
3º ELAINE APARECIDA DOS SANTOS RG 28.884.500-6 para interlocutor de LIBRAS
4º SANDRA CRISTINA TEIXEIRA RG 24.188.213-8 para interlocutor de LIBRAS
5º GISELE CARRIEL SOARAES RG 43.539.850-7 para interlocutor de LIBRAS
6º SABRINA ALESSANDRA DE SOUZA CAMPOS RG 29.541.973-8 para interlocutor de LIBRAS
7º VITORINA LOPES DE OLIVEIRA RODRIGUES RG 44.101.348-X para interlocutor de LIBRAS
8º DINAR MARIA DO AMPARO RG 22.266.112-4 para interlocutor de LIBRAS
9º LARA ESTEPHANIE DA SILVA RG 47.186.682-9 para interlocutor de LIBRAS
10º PRISCILA RIBEIRO DE SOUSA RG 34.201.274-5 para interlocutor de LIBRAS

10. diploma de curso de licenciatura, com mínimo de 120 (cento e vinte) horas de LIBRAS no histórico do curso: NÃO HÁ INSCRITOS.

11. CANDIDATOS INDEFERIDOS:
MOTIVO: Os documentos apresentados não atendem ao edital publicado em DOE em 06-06-2018, seção I,p.95. Cursos não são aprovados/credenciados pelo CEE – SP e ou a carga horária não apresenta o mínimo de 180 horas na área da necessidade (DV, DF, DI, DA, TEA e TGD) e por isso não atende a Resolução SE 68/2018.
Prazo para recurso é de 02 (dois) dias úteis a contar da publicação.
Orientamos aos interessados que verifiquem a carga horária na área da necessidade no verso do certificado (somatória com mínimo de 180 horas na área da necessidade em que pretenda atuar) e verifiquem o número do processo de aprovação junto ao CEE, nº do Parecer e a data da publicação em DOE (Diário Oficial).
MARLENE REGINA SOUZA ELISIARIO RG 20.726.716-9
NILDETE GONÇALVES LIMA RG 17.973.046-0
MIKAELE SILVA ALVES DE ALMEIDA RG 43.483.825-1
MICHELE SOUSA SANTANA CARVALHO RG 42.188.911-1
ANA MARTA ALVES DOS SANTOS RG 17.882.154-8
GISELE ALVES DOS SANTOS RG 41.677.533-0
SILVIA REGINA DA ROSA RG 30.957.308-7
VANESSA APARECIDA BARBOSA DA COSTA RG 44.183.643-4

 

LISTA DE CLASSIFICADOS DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO MÊS DE JUNHO 2018 – RETIFICADO
Nesta lista estão classificados os candidatos à contratação conforme edital publicado em DOE de 06-06-2018, seção I – p. 95
Os inscritos para o Cadastro Emergencial em Educação Especial na área solicitada no edital deverão aguardar publicação a ser realizada em 16-06-2018 em razão da análise da documentação apresentada no momento da inscrição.
GEOGRAFIA
Habilitados para Geografia:
1º ANDREA CRISTINA DA SILVA AMEOMO RG 18.444.245-X
2º DREICH LEANDRO CHAPETTA RG 25.252.019-1
3º VERA LUCIA ALVES DA SILVA SIQUEIRA RG 18.145.891-3
4º MARCELO ANTONIO DE OLIVEIRA RG 3706867
5º INES SANT”ANNA RG 22.000.829-2
6º JAQUES GRACIOLLI BARROSO RG 23.925.341-3
7º REGINALDO DE SOUZA SILVA RG 24.612.600-0
8º DANIELE DIAS BENICIO PORTILIO RG 28.200.794-5
9º JOSÉ CARLOS CONCEIÇÃO JUNIOR RG 28.165.721-X
10º CARLOS ROBERTO DE LIMA RG 28.620.225-6
11º REGINALDO JOÃO DE LIMA RG 32.973.034-4
12º MICHAEL FERNANDES FERREIRA RG 41.834.671-9
13º DANILO NALON FERREIRA RG 44.984.921-1
14ºMIRIAM FERREIRA DA SILVA RG 17.594.289-4
15ºBARBARA MORENA TITANEGRO GARCIA RG 44.881.752-4

Qualificados para Geografia:
Licenciatura Plena outra disciplina
1º MARISTELA ALVES VAZ RG 18.327.944-x

Aluno de Último Ano:

1º MARCIA GAITAROSA DANTAS MIUCCI RG 34.555.955-1
2º RENATA DOS SANTOS MACEDO RG 33.681.622-4
3º LILIAN DE CARVALHO NASCIMENTO RG 41.486.852-3

INDEFERIDOS:
SABRINA DA SILVA BARBOSA RG 48.758.972-5 (somente Pedagogia)

_______________________________________________________________________

Data: 12/06/2018 – LISTA DE CLASSIFICADOS DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO MÊS DE JUNHO 2018

LISTA DE CLASSIFICADOS DO EDITAL DE CREDENCIAMENTO MÊS DE JUNHO 2018

Nesta lista estão classificados os candidatos à contratação conforme edital publicado em DOE de 06-06-2018, seção I – p. 95

Os inscritos para o Cadastro Emergencial em Educação Especial na área solicitada no edital deverão aguardar publicação a ser realizada em 16-06-2018 em razão da análise da documentação apresentada no momento da inscrição.

GEOGRAFIA

Habilitados para Geografia:

1º DREICH LEANDRO CHAPETTA RG 25.252.019-1

2º VERA LUCIA ALVES DA SILVA SIQUEIRA RG 18.145.891-3

3º MARCELO ANTONIO DE OLIVEIRA RG 3706867

4º INES SANT”ANNA RG 22.000.829-2

5º JAQUES GRACIOLLI BARROSO RG 23.925.341-3

6º REGINALDO DE SOUZA SILVA RG 24.612.600-0

7º DANIELE DIAS BENICIO PORTILIO RG 28.200.794-5

8º JOSÉ CARLOS CONCEIÇÃO JUNIOR RG 28.165.721-X

9º CARLOS ROBERTO DE LIMA RG 28.620.225-6

10º REGINALDO JOÃO DE LIMA RG 32.973.034-4

11º MICHAEL FERNANDES FERREIRA RG 41.834.671-9

12º DANILO NALON FERREIRA RG 44.984.921-1

13ºMIRIAM FERREIRA DA SILVA RG 17.594.289-4

Qualificados para Geografia:

Licenciatura Plena outra disciplina

1º MARISTELA ALVES  VAZ RG 18.327.944-x

Aluno de Último Ano:

1º MARCIA GAITAROSA DANTAS MIUCCI RG 34.555.955-1

2º RENATA DOS SANTOS MACEDO RG 33.681.622-4

3º LILIAN DE CARVALHO NASCIMENTO RG 41.486.852-3

 

 

_______________________________________________________________________

Data: 20/06/2017 – Inscritos para contratação em caráter emergencial

Data: 14/06/2017 – Classificação Cadastro Emergencial PEB I_2017

Data: 05/06/2017 –Edital CADASTRO EMERGENCIAL 2017 PEB I / FORMULÁRIO INSCRIÇÃO DOCENTE 2017 PEB I